Especulação

Quem paga a enorme conta da utopia esquerdista teme a destruição, e por isso há histórica rivalidade da esquerda com a chamada especulação, afinal, é comum acreditar que o governo constrói estradas para as pessoas fazerem dinheiro, mas na realidade sem fazer dinheiro não haveria governo construindo estradas. Se a esquerda não ameaçasse sovietizar a nação de um dia para o outro, jamais haveria especulação desfavorável, é a guerra política dos que vivem na realidade e dos que vivem de sonhos.

Isso não muda que a esquerda se aproveita que o brasileiro tem apego ao indigenismo, à mania de tentar viver sem dinheiro de forma simples e coletivista, sua base eleitoral é uma montanha de mendigos conformados, vislumbrando uma aristocracia moral que não possuem, deixando-se assaltar a miséria que ostentam pela culpa de possuir um favor divinal à prosperidade. Os povos do norte amam a competição, a adversariedade, a busca pela felicidade, o que jamais pode causar efeito em solo nacional.

Anúncios