Self-Help State

É o ambiente, estúpido.

Um país com um Estado de Auto-Ajuda Social, gastando milhões em propagandas à Paulo Coelho para que o brasileiro pense positivo em meio à lama jamais irá permitir uma liberdade de expressão que possa ferir os sentimentos das pessoas. Artigos como esse e esse iriam produzir uma cólera mortal em ouvidos brasileiros cujo país os problemas de primeiro mundo convivem em amizade com os de terceiro e pautam a agenda política.

Se até deixar de fazer o bolo do casamento gay é razão de sanção do movimento gay, imagine a ignorância de um país que tem uma das piores educação do mundo, pouco demora para que os grupos que já correlacionam pregações de evangélicos com violências marginais como quem correlacionava jogos violentos, rpg e heavy metal ao crime, sigam os “avanços” do seu irmão de lá, pois já estão com os pés afundados no extremismo paranóico, dramalhões mexicanos e teorias de conspiração, lembre-se: a exegética deles pode arruinar uma vida em menos de cinco minutos, não importando se é pai, mãe, avô, avó, professor, médico, advogado, pastor ou padre que será levado junto com estupradores, traficantes, assassinos e ladrões, sem direito à visita de direitos humanos nem ativismo que se legalize a homofobia.

Anúncios