Travessuras

Hoje, no Dia da Reforma, pude passar um trote no sistema jurídico brasileiro afim de reformá-lo, assim como Lutero fez em seu tempo trazendo as teses às portas da Igreja Católica, usando o prestígio da mesma contra ela mesma: A monografia Aborto em Caso de Estupro: Aspectos Morais foi apresentada e aprovada na sua integridade, na esperança que o assunto não mais seja discutido de forma superficial como tem sido, que Scott Klusendorf seja conhecido academicamente e essa anomia seja debatida e um dia talvez resolvida. A semente foi plantada assim como o evangelho foi pregado na madeira de Wittenberg. É somente da decisão de Deus dar solução à essa causa divisora de águas de nosso tempo.

O monge agostiniano abandonou a advocacia para entrar na história por seu medo de trovão, ainda estou aguardando trovões em minha vida. Que essa vitória neste coincidente dia seja dedicada a este herói da fé, fico feliz de dar essa contribuição de viúva à causa de Cristo.

Anúncios